Agências de Viagens: Como enfrentar os desafios do atual mercado de turismo



Não existem respostas ou estratégias simples, principalmente quando se trata de um contexto mundial como este que estamos vivendo neste momento. Porém, é extremamente necessário que as agências de viagens tenham pulso firme para enfrentar a crise e para entender a mudança drástica do comportamento dos consumidores viajantes.  

A dica é pensar quais ações tomar para reduzir riscos nas operações, ampliar chances de sobrevivência dos negócios, enxergar melhores oportunidades e traçar um plano de ação. Por isso, preparamos algumas estratégias de curto e médio prazo que vão te ajudar a elaborar este plano de ação para atravessar esta fase e aproveitar oportunidades para o próximo semestre.



1. Tenha em mente todo o cenário atual

É importante acompanhar todas as notícias e refletir sobre:

  • Os hábitos e prioridades de consumo que estão sendo drasticamente alterados;

  • Como está o cenário econômico do momento e entender que o dinheiro circula com velocidade muito menor.



2. Posicionamento de marca: dissemine conhecimento e orientações para proteção da saúde de todos 

Transmita transparência para passar segurança para seus clientes, parceiros e colaboradores.  Não minimize notícias, porém, não compartilhe dados não validados (as já conhecidas e prejudiciais fake news) e ajude-os a compreender a gravidade real da nova dinâmica mundial.

A proposta dessa ação é fazer a sua agência se colocar na liderança da situação e se tornar o ponto de confiança entre seus clientes, parceiros e colaboradores.


3. Analise o seu potencial de sobrevivência a curto e médio prazo.

A pergunta-chave é: “Quanto tempo sou capaz de sobreviver com a estrutura física e financeira montada atualmente?” Qual o custo mensal da sua agência? Certamente se você tem um bom planejamento, acumulou caixa nos últimos meses, então esse é o momento de aplica-lo na sobrevivência do seu negócio.


4. Reduza custos

Analise todo o seu financeiro.

Primeiro, priorize seus principais custos para poder agir nos pontos certos, quais são essenciais e que geram os maiores resultados.

De acordo com uma análise feita pelo Agente de Inovação do Sebrae, Fábio Bussacarino, para desenvolver a redução de custos, você precisa:

  • Listar todos os custos fixos e variáveis da sua empresa;

  • Calcular a média de cada um deles nos últimos 3 meses;

  • Baseado nas médias, identifique dois pontos:

  • 1º Quais são os dez maiores custos, dentre todos os listados;

  • 2º Dentre os 10 maiores escolhidos, quais são os três principais.

Munido desse conhecimento, direcione seus esforços para reduzir o máximo possível dos três custos principais (dentro os 10 maiores). E, se não for possível reduzir, tente renegociar ou postergar. Quando terminar a negociação dos três principais, você estará apto a buscar a redução dos outros sete itens listados como custos prioritários. Mapeie também tudo o que é desnecessário, ou seja, o que não está diretamente ligado a custos importantes, o que for considerado acessório. Eliminar gastos com acessórios pode não ser a medida principal, mas certamente, trará mais clareza e maturidade para as ações de curto a médio prazo.


5. Renegocie dívidas e busque oportunidades de crédito.

Uma opção é aproveitar as linhas de créditos que o governo está disponibilizando. Até a data de criação desta matéria:

E as empresas do setor turismo também serão inclusas na linha de crédito disponíveis pelo Banco do Brasil. A ideia é que os empresários do turismo garantam seu fluxo de caixa e mantenham seus empregadores e tenha tempo para aderir um plano de ação para voltar com tudo quando o mercado voltar ao normal.


6. Reforce o seu suporte e apoie seus clientes

Demonstre apoio e as vantagens que o viajante tem em escolher uma agência de viagens. Com certeza a possibilidade de suporte para remarcações é muito mais flexível e é recomendado que sua agência tenha uma equipe preparada para incentivar a remarcação e não o cancelamento. 

Esteja também atento as oportunidades de novos públicos e mercados. Além de pedir, ofereça condições exclusivas para aqueles são seus clientes e parceiros.

Esteja sempre atento ao comportamento dos clientes que está em intensa transformação. 



Por fim, nós da Wooba, entendemos que apoiar e ter apoio é importante. Por isso, estamos buscando atender e nos relacionar ainda mais com os nossos parceiros e clientes, com muita transparência. Com o objetivo de, além de manter a segurança de todos, manter o forte compromisso de apoiar e passar por esta fase em conjunto.

Estamos preparados também para atender o mercado, não paramos nossas operações. Estamos aproveitando para buscar ainda mais formas de inovar e alavancar a sua Agência de Viagens, apoiando-a a gerar mais oportunidades e investimentos para um futuro próximo.

Com determinação e otimismo, podemos chegar juntos.



Somos uma empresa especializada em desenvolver soluções tecnológicas para empresas de Turismo. Líderes no mercado de Consolidadoras, atendemos as principais empresas do segmento no Brasil e trabalhamos com os melhores fornecedores do mercado.






0 visualização