NDC: A nova tecnologia que vai mudar a competitividade das agências

Atualizado: 25 de Out de 2019


Fonte: www.panrotas.com.br / Fotografia de: Emerson Souza

As companhias Ibéria e British Airways, parceiros e Fornecedores da Wooba, reuniram agentes de viagens em uma conferência, em São Paulo, para falar sobre o NDC (New Distribution Capability).

Estiveram presentes os diretores Rafael Vieira e Gabriel Szpoganicz e o programador Fauly Coelho, para falar sobre este novo modelo de distribuição da IATA, que já começou a ser implementado pelas CIA´s aéreas do mundo inteiro.

Foram destacados como pontos positivos do NDC a modernização da tecnologia de distribuição, modelo dinâmico de ofertas e serviços, além de maior flexibilidade na gestão comercial pelas companhias aéreas.





Trajetória do Acordo Internacional NDC

O acordo já é antigo e foi assinado em 2012, com a proposta de estabelecer mudanças que agregasse mais condições comerciais para a agências de viagens. Por isso, em dezembro de 2017, foi lançado o novo sistema NDC e junto a ele a meta de atingir 20% de volume mundial das passagens até janeiro de 2020.



Qual a proposta do novo sistema?

Em uma pesquisa feita com membros da World Travel Agents Associations Alliance (WTAAA), que reúne entidades de agências de viagens em todo o mundo, descobriu-se que em média, 76% das agências de viagens reservam serviços auxiliares e produtos agregados à passagem aérea, e a maioria usando os sites das companhias aéreas para fazer isso. Com o NDC, tudo estará no mesmo sistema.

O New Distribution Capability promete melhorar a comunicação entre as companhias aéreas e os agentes de viagens, permitindo uma melhor exposição gráfica de produtos, ou seja, a partir de agora, as companhias aéreas vão poder oferecer uma diferenciação nos ambientes e plataformas de serviços, como: imagens dos produtos, vantagens e upgrades até então muito pouco oferecidos para o público, vão poder oferecer vendas cruzadas (negociação com empresas de traslado como Uber, hotéis, serviços de hospedagem não tradicionais como o Airbnb por exemplo). O viajante até poderá fazer a personalização de produtos/serviços oferecidos no avião, como comida, bebida, internet e itens de conforto.


Modelo Antigo:


Modelo Novo:


Qual o impacto deste novo modelo?

Este novo modelo tratá mais vantagens aos agentes de viagens e empresas de turismo, trará o fortalecimento da distribuição através das empresas agregadoras de conteúdos e a descentralização da distribuição de conteúdos que atualmente se concentram nas GDS´s, gerando a transferência do potencial de negociação das parcerias comerciais.



São 58 companhias aéreas já certificadas pela IATA para interagir com a indústria através da tecnologia NDC

As empresas certificadas incluem as grandes companhias internacionais, como: American Airlines, Air France, Air Canada, British Airways, Cathay Pacific, China Eastern, China Southern, Emirates, Etihad, Iberia, KLM, Korean, Lufthansa, Qatar, Swiss, TAP e United. Das empresas brasileiras, a GOL está certificada para comunicar através do NDC.

O sistema das companhias aéreas funcionará a partir do ano que vem, onde se poderá acrescentar serviços dentro do voo.



O papel dos agregadores neste novo modelo

Somos facilitadores deste novo modelo e a Wooba já está em parceria com a Ibéria e British Airways, integrando esta nova estrutura de serviços. Se você já é cliente do Wooba e já tem acesso a Iberia/ British Airways, entre em contato com os executivos de contas das companhias para mais esclarecimento de como este modelo pode agregar mais valor ao seu negocio.



Acesse o site da Wooba e conheça as soluções integradas com os sistemas NDC, GDS e DC, da Wooba.


0 visualização